Google Meet adiciona modo para economizar bateria e dados no celular

Após a explosão de popularidade dos aplicativos de videoconferência, impulsionado pelo isolamento social, o Google tem trabalhado para levar aprimoramentos aos usuários do Meet. A novidade agora é uma nova configuração para permitir estabelecer um limite de uso de dados no Android e iOS.

Esta opção vai baixar a qualidade do vídeo e do áudio durante uma conferência para adequar às condições da rede. Atualmente, o Meet ajusta o dispositivo, a rede e as configurações para fornecer a “melhor experiência possível”, por isso há casos onde o consumo pode ser elevado.

A novidade deve ajudar a reduzir o uso de dados, o que é importante para quem usa planos limitados, e maximizar a vida útil da bateria. Menos qualidade de som e vídeo significam menos processamento do celular e isso tem forte impacto na duração da carga. É uma boa opção para quem precisa fazer uma reunião por vídeo fora de casa, enquanto se desloca ou em um local sem internet rápida.

Com a redução do consumo de recursos, o aparelho terá mais memória disponível para rodar outros aplicativos simultaneamente. Pode ser útil para quem tem um smartphone mais modesto e que pode travar ao rodar muita coisa junta.

Como ativar o modo de economia do Google Meet

Passo 1: Clique no menu de três traços, no canto superior esquerdo;

Passo 2: Procure por “Configurações” e pressione o botão;

Passo 3: Marque a opção “Limitar uso de dados”

(Imagem: Divulgação/Google)

Para voltar ao normal, é só desativar a opção de economia de dados e o Meet retorna com a oferta do excelente serviço de sempre.

É importante reforçar que a economia de dados vai influenciar apenas na exibição do seu aparelho, sem qualquer prejuízo para os demais participantes da reunião. Por isso, pode usar despreocupado.

O Google tinha planos para limitar o uso do Meet para o ambiente corporativo, de modo similar ao que faz o Zoom — reuniões mais curtas, número máximo de assinantes e outras. Mas, em razão da pandemia de COVID-19, a empresa decidiu adiar os planos para oferecer às pessoas alternativas gratuitas e funcionais. A tática, além de ter ajudado milhões de usuários em todo o mundo, ajudou a tornar o sucessor do Google Hangout a se popularizar.

O serviço começa a ser liberado hoje e deve ser concluído nos próximos 15 dias. Se você não consegue visualizar a opção ainda, é recomendado atualizar o app e aguardar mais alguns dias — caso o update não apareça, o jeito é esperar até desembarcar na App Store ou na Play Store.

Fontes: Google  e Canaltech

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.