O que esperar da tecnologia em 2021 após uma pandemia global?

Maior mudança será nos setores tradicionais, mas tecnologia também vem para apoiar esforços em sustentabilidade

Depois de 2020, podemos dizer que o mundo mudará permanentemente. No último ano, pudemos observar todos os tipos de mudanças acontecendo em diversos setores da economia mundial – o que levou a uma série de crises para as empresas que não conseguiram prosperar com o novo cenário ou que não estavam preparadas para acompanhar as novas tendências de consumo que estavam aparecendo. Por outro lado, enquanto certos tipos de negócios enfrentaram dificuldades, também foi possível ver novos tipos de operações surgindo e até mesmo novas ramificações de determinados setores surgiram.

Eu poderia ficar horas falando sobre como as companhias tiveram de se adaptar para sobreviver a este período, seja implementando novas soluções de mobilidade, opções de delivery de comida de restaurantes para as residências, ou até mesmo a reinvenção da própria comida. Mas por que isso é importante? Para provar que mudanças externas irão afetar a maneira como as companhias funcionam internamente e, se elas forem capazes de conduzir e adaptar a operação de forma rápida e ágil para seguir as tendências recentes, podem obter uma grande vantagem sobre a concorrência.

Um aspecto claro e inovador que podemos ver nas consequências da crise de COVID-19 é que a digitalização se tornará ainda mais popular – se é que isso é possível – e quase obrigatória para as empresas continuarem rodando. Sim, todos nós sabemos que desenvolver ou adaptar novas tecnologias é, geralmente, muito caro. Então, caso não haja uma necessidade urgente, o investimento não costuma ser prioridade. Mas agora a situação mudou.

Depois de observar a mudança das marés do mundo ao longo deste ano, reunimos algumas previsões de tecnologia para 2021 que esperamos que possam ajudar a todos nós neste momento de transformação, bem como inspirar profissionais de negócios e de vendas para manter suas operações prosperando durante o período:

A maior mudança será nos setores tradicionais

É compreensível que alguns setores estejam mais conectados à tecnologia do que outros, mas quem pensa que os setores tradicionais não precisam se preocupar com isso está inegavelmente enganado. Na verdade, eu ousaria dizer que é nesse tipo de ambiente que a tecnologia está desempenhando o papel mais significativo neste momento.

Nesse ponto, continuaremos testemunhando um grande salto da digitalização em setores que tradicionalmente têm sido conservadores – como construção, energia, saúde e educação. Essa demanda repentina deu a essas indústrias motivação para investir em digitalização e automação, portanto, é uma situação de ganho mútuo: com o aumento da demanda, as pessoas estão mais ansiosas para usar os serviços online e, aqueles que oferecem esse tipo de serviço, entenderão e abraçarão a importância da digitalização. Agora, a tecnologia recente vai atender a essas duas tendências e a mágica vai acontecer.

Haverá aplicativos premium de negócios em nuvem, incluindo CRMs

Nos últimos meses nós testemunhamos um enorme crescimento de aplicativos que oferecem suporte ao trabalho à distância – e, mesmo sendo algo óbvio, isso é maravilhoso pois muda o jeito que iremos trabalhar para sempre. Em 2021, continuaremos vendo um aumento nesse interesse por aplicativos baseados em nuvem, que tornam o trabalho remoto mais seguro, ou formas híbridas de trabalho entre equipes que sejam mais eficientes, seguras e confiáveis. O que está sendo oferecido ficará mais sofisticado e mais opções aparecerão, portanto, empresas e investidores devem ficar de olho nas oportunidades.

Formatos mobile também terão um aumento de popularidade, uma vez que trabalhar em nossos telefones se tornou algo aceitável e o fenômeno das multitelas invadiu o ambiente de trabalho. Apps não preparados para uso em múltiplos formatos, principalmente em smartphones, estão destinados a deixar de existir.

Tudo em um só lugar

Complementando o tópico anterior, algo que venho percebendo é que as pessoas realmente dependem da tecnologia para realizar a maioria das suas atividades diárias, mas, ao mesmo tempo, elas também estão fartas disso. Depois de 2020, podemos afirmar que todo mundo está cansado de ficar online o tempo todo, né? Mas como nós podemos usar menos a tecnologia se, na verdade, contamos com ela mais e mais a cada dia?

A resposta para tal questionamento estará em aplicativos e soluções mais completos, que sejam eficientes e integrados para facilitar a vida e poupar o nosso tempo, para que possamos nos afastar da própria tecnologia, e permitindo que as pessoas tenham menos plataformas abertas ao mesmo tempo, menos mensagens aparecendo e menos ferramentas para ter que lidar.

Tecnologia precisa ser a prioridade número um

Ao meu ver, isso não é uma tendência, e sim regra para sobrevivência. Em tempos em que somos obrigados a ficar em nossas casas, forçados a fazer quase tudo online, é impossível pensar que um negócio pode realmente crescer de forma saudável sem pensar na tecnologia. A diferença agora é que, no passado, a tecnologia costumava ser algo opcional, mas agora será o centro de tudo.

É quase desnecessário dizer que as empresas que não adaptarem seu modelo de negócios e colocarem a tecnologia à frente de sua estratégia serão as que mais sofrerão no futuro.

A tecnologia será alinhada à sustentabilidade

Sustentabilidade é um tópico em constante foco de atenção e a tendência é que se torne mais importante com o passar do tempo. Nós pudemos ver o crescimento de iniciativas de ESG (Ambiental, Social e Governança) em companhias ao redor do mundo todo e o assunto está inundando as mídias sociais e os noticiários, com o aquecimento global e a destruição da floresta tropical, entre outras situações graves se tornando temas populares de discussão.

Parece um pouco estranho associar sustentabilidade com tecnologia, certo? Errado, eles estão profundamente conectados. Ambos temas se tornaram o centro das decisões de negócios nos últimos anos e, sem eles, é quase impossível seguir em frente. Além disso, o que muitas vezes ignoramos é que a tecnologia fornece um suporte importante para todos os esforços relevantes em sustentabilidade. Podemos dizer que é por causa da tecnologia que grande parte das empresas conseguem evitar o desperdício de matéria-prima, energia e até água.

O que veremos no próximo ano e nos outros que estão por vir, serão mais e mais soluções criadas para servir esse propósito, com automação, IA, apps de nuvem e todos os outros aspectos que eu já comentei, voltados para resolver problemas em torno da sustentabilidade.

*Krishna Panicker é VP de Produto da Pipedrive

Fonte: CIO