Em parceria com a ZTE, Multilaser entra no mercado de provedores de internet

shutterstock_283947341

A Multilaser, empresa brasileira que atua em variados ramos do mercado de tecnologia, acaba de anunciar que irá expandir seus negócios para mais um segmento: o de provedores de internet. Em parceria com a chinesa ZTE, a companhia está inaugurando a marca Multilaser PRO by ZTE, que pretende oferecer equipamentos para infraestrutura de redes em fibra óptica (FTTx), incluindo cabos, passivos de rede óptica, softwares de gerenciamento para operadoras e terminais OLT.

Um dos principais lançamentos da linha é o OLT GPON ZXA10 C320, um terminal compacto, de fácil instalar e com design modular, oferecendo uma capacidade inicial de atendimento para 4.096 clientes. A empresa também está oferecendo o NetNumem U31, um software de gerenciamento gráfico acessível, amigável e que reduz os custos os investimentos operacionais dos provedores. Vale lembrar que tais soluções são da ZTE, mas, com a parceria, os clientes terão suporte local com a Multilaser.

“Trata-se de um mercado em ascensão e que agora conta com produtos específicos e precisos para todas as necessidades deste segmento. Com isso, atenderemos o mercado de provedores com produtos da mais alta tecnologia para que as empresas possam entregar o serviço com a melhor performance”, comenta Filipe Knabben, responsável pela linha. Os produtos já estão disponíveis e os interessados precisam entrar em contato com a equipe comercial da empresa.

 

Fonte: Canaltech

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.