Winamp não será mais desativado



O Winamp não será mais desativado, pois a Radionomy comprou a plataforma da AOL junto com a Shoutcast, um serviço de rádios. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 14, mas os detalhes da negociação não foram divulgados.

Em nota, o CEO da companhia, Alexandre Saboundjian, disse que o Winamp receberá uma série de investimentos. “Seu papel é claro na futura evolução da mídia online – nos planejamos tornar o player onipresente, desenvolvendo novas funcionalidades dedicadas a desktop, aparelhos móveis, sistemas de carros, dispositivos conectados e todas as outras plataformas.”

Como o software agora faz parte da rede da Radionomy, ele passa a contar com acesso a mais de 60 estações de rádio, reprodução de mais de 60 formatos de áudio e vídeo, 6 mil add-ons, disponibilidade em 16 idiomas e ferramentas de gerenciamento de podcasts.


Grupo sírio invade blogue e Twitter da Microsoft



O grupo de hackers SEA (Exército Electrónico Sírio), que apoia o governo de Bashar al-Assad, invadiu a conta no Twitter da Microsoft e o blogue da empresa e fez publicações usando-os no último sábado.

É o segundo ataque a domínios da companhia norte-americana em pouco mais de uma semana, depois de o SEA ter devassado o Twitter e o Skype. 
O twite e a postagem feitos pelo SEA nas contas da Microsoft foram rapidamente apagados. O blogue da empresa foi retirado do ar durante um curto período.
O SEA twitou duas imagens que estariam relacionadas com o ataque: uma captura de écaran mostrando o blogue com a postagem dos invasores e outra que mostrava um e-mail enviado por Steve Clayton, director de relações públicas da Microsoft, à sua equipa, que relatava justamente a invasão.
A Microsoft ainda não se pronunciou sobre o caso. Na semana passada, o Skype veio a público dizer que os dados dos utilizadores estavam seguros mesmo após a brecha.