Tecnologia ‘touch 3D’ vai chegar aos smartphones e tablets em 2014

Já pensou em controlar o smartphone sem precisar tocá-lo? Esta é uma das possibilidades aguardadas para muitos aparelhos em 2014, graças à tecnologia “Touch 3D” da Leap Motion. Disponível em alguns computadores, ela tem capacidade de operar com gestos feitos no ar. Já presente em aparelhos como o Galaxy S4 e seus “Air Gestures”, a expectativa é de algo ainda mais avançado em breve.



A tecnologia da Leap é capaz de suportar mais comandos e há até uma loja online de aplicativos e jogos compatíveis com o sensor de movimento para os usuários fazerem download e aproveitarem ao máximo a tecnologia. De acordo com informações do site Digital Trends, o futuro promete ainda muitas novidades.

Entre elas, a Leap estaria conversando com grandes fabricantes de dispositivos móveis para criar funcionalidades como usar o telefone na função de controle remoto para TVs e imaginar novos tipos de comando que possam ser úteis para os smartphones e tablets. 
“Esperamos que haja telefones e tablets com o Leap Motion embutido no mercado no próximo ano”, afirmou Michael Buckwald, CEO da Leap Motion.
Especula-se que uma das empresas que podem apostar no Touch 3D para 2014 é a Nokia. Há rumores de um aparelho chamado “Goldfinger”, com Windows 8.1, terá a oferta de controle sem tocar na tela, apenas com gestos no ar na frente e do lado do aparelho para navegar pela sua interface. No entanto, nada foi confirmado oficialmente.
Fonte: Tech tudo



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.