Black Friday: lojas batem recordes e somam mais de mil reclamações

Black Friday Brasil 2013 já soma mais de mil reclamações no site Reclame Aqui, parceiro do Busca Descontos no evento de e-commerce. Só nas seis primeiras horas de vendas, as três primeiras colocadas no ranking de reclamações da iniciativa já bateram os próprios recordes de queixas diárias. 


As lojas Extra, Ponto Frio, Casas Bahia, Americanas e Submarino lideram a lista e somaram juntas 700 protestos até as 10h desta sexta-feira (29). O número não para de crescer.



Embora as lojas do grupo B2W (Americanas.com e Submarino) estejam presentes na lista das cinco mais reclamadas, o rosto do personagem do Reclame Aqui ainda está sorrindo.  


“Americanas.com e Submarino têm, ambos, reputação ótima, com índice de solução de casos de 91% e 89,1%, respectivamente”, informa o ranking oficial do Reclame Aqui.


Os líderes de reclamações nas três primeiras colocações (Extra, Ponto Frio e Casas Bahia) têm reputação regular no site, de acordo com a avaliação dos consumidores cadastrados no Reclame Aqui, o grupo tem cerca de 75% de casos solucionados nos últimos 12 meses.
Uma reclamação a cada 25 segundos
Nas seis primeiras horas, o Reclame Aqui calculou uma média de uma nova queixa registrada a cada 25 segundos. Se forem contados os atendimentos feitos também pelo bate-papo online do site de reclamações, houve um novo protesto a cada dez segundos. 
Ainda de acordo com o site, as queixas mais comuns na madrugada foram diferenças de preço no momento de fechar a compra, “sumiço” de descontos e problemas também na geração de boletos. Denúncias de maquiagem de preço também estão sendo frequentes. 

Logo após a meia-noite, quando começou de fato a Black Friday nas lojas parceiras do Busca Descontos no site BlackFriday.com.br, vários sites de e-commerce saíram do ar ou travaram, e os problemas de acesso aos links de compra estavam no topo das reclamações. 
Os sites da Americanas.com e Submarino ficaram fora do ar no início da madrugada e entraram em modo de espera, como uma espécie de “fila virtual” para conter os acessos.
Fonte: Tech tudo



Lamborghini Antares: celular Android de luxo custa mais de R$ 10 mil

Lamborghini acaba de lançar o Antares, um smartphone com Android 4.3, de olho nas compras de fim de ano. O celular tem um design cheio de arestas e ângulos, com clara evocação dos carros de rua mais extravagantes da marca italiana, e uma configuração que não decepcionará nenhum usuário. Seu preço, entretanto, supera a casa dos R$ 10 mil.



Confeccionado em aço, o aparelho abriga um processador de quatro núcleos, que pulsa a 1.5 GHz. Além disso, são 1 GB de memória RAM e 32 GB de espaço para armazenamento de dados, com a possibilidade de expansão via cartão de memória. Nesse sentido, o dispositivo, pertencente à linha de produtos licenciados pela marca italiana de superesportivos, não fica devendo em desempenho.
Experiência semelhante ocorre no design. O chassi do Antares pode ser encontrado em várias opções de cores, como dourado, preto e prata. Na parte posterior, a tampa é revestida de couro, o que deve tornar o uso do dispositivo mais confortável e seguro, uma vez que a superfície revestida com o material deve ser mais aderente aos dedos. Um detalhe interessante, e de bom gosto, é o case do celular, que reproduz o aspecto do cabeçote dos motores da Lamborghini.

Todo mundo sabe que os modelos de carro que ostenta o logotipo do touro costumam custar bem caro, e essa lógica é mantida com o Lamborghini Antares: cada unidade do celular custa US$ 4000, valor acima de R$ 10 mil e fará do Antares algo tão exclusivo e exótico como uma Lamborghini Reventón.
Fonte: Tech tudo