Chameleon X-1: uma mistura de mouse com controle de video game

Chameleon X-1 é um novo tipo de mouse que pode agradar os usuários mais viciados em jogos. A parte de cima funciona como um mouse ótico comum, enquanto a parte de baixo traz 14 botões para jogar no computador. Além disso, o Chameleon X-1 ainda pode funcionar como um controle remoto.

Para um aparelho como esses, nada mais apropriado do que o nome de “camaleão”. O design no X-1 é arrojado, e ele vai estar à venda em várias cores. Além disso, ele funciona sem fio (transmissão de 2.4 GHz) e possui formato ergonômico.


O mouse possui sete botões, sendo um deles o scroll, e é compatível com o sistema operacional Windows. A função controle remoto pode ser muito útil em apresentações de slide, por exemplo.
A empresa responsável – Shogun Bros. – afirmou que o Chameleon X-1 estará disponível no primeiro semestre de 2011, com preço sugerido de US$ 55.


Fonte: Shogun Bros

Novo combustível pode manter carro em funcionamento por 100 anos

E se você pudesse comprar um carro que não precisaria ser reabastecido com combustível nunca? Isso pode se tornar realidade se as pesquisas com um elemento químico chamado tório (Th) forem para frente.



Apenas um grama de Th equivale à energia produzida por 28 mil litros de gasolina, então seria possível manter um carro rodando por cem anos com oito gramas de Th – muito mais que a vida útil de um carro convencional.

O elemento foi descoberto em 1828 pelo químico sueco Jons Jakob Berzelius, que o batizou como tório em referência ao deus nórdico Thor. Trata-se de um metal radioativo que está entre os elementos mais densos existentes e hoje é usado na fabricação de filamentos para lâmpadas incandescentes e vidros especiais.

Em 2009 a Loren Kulesus já havia pensado em usar o Th em carros, quando desenvolveu o World Thorium Fuel Concept Car. Atualmente quem toca projeto semelhante é a empresa norte-americana Laser Power System e seus protótipos são motores com 250 kg que podem ser postos em automóveis.

Mas o Th também pode ser adotado em casas, ambientes de trabalho, outros tipos de transporte, equipamentos militares e até naves espaciais, conforme a empresa.

Fontes: Estadão e Mashable.