Tectoy lança no mercado o tablet da Galinha Pintadinha



A Tectoy anunciou nesta quarta-feira (18) o lançamento do tablet oficial da Galinha Pintadinha. Voltado para o público constituído por crianças com 1 a 4 anos de idade, o dispositivo conta com um design exclusivo baseado no personagem que faz sucesso entre o público infantil atualmente.



O produto, que acompanha um case especial e um suporte personalizado, acompanha diversos jogos, atividades e clipes musicais inspirados na propriedade intelectual. “Cada dia as crianças têm mais acesso ao mundo digital e cada vez mais cedo. Por isso, é importante que tenham produtos adequados à faixa etária, criados com todo cuidado, desde o design até o conteúdo”, afirma a gerente de marketing da fabricante, Vanessa Artea.

O que destaca o tablet em relação a outros produtos licenciados é o fato de ele não contar somente com uma adesivagem inspirada na Galinha Pintadinha, mas sim uma série de conteúdos inspirados nela. Contando com uma tela de 7 polegadas, suporte à rede 3G, Android 4.1, 4 GB de espaço interno de armazenamento e processador de 1 GHz, o produto chega às lojas ainda em setembro pelo preço sugerido de R$ 499.


Fonte:
 Tectoy

Android também suporta 64 bits e só precisa do hardware para isso

Quando o processador A7 de 64 bits da Apple foi anunciado, muitos fãs ficaram impressionados com a novidade, que promete um enorme aumento de desempenho no poder dos nossos dispositivos portáteis. Mas você sabia que o Android também é capaz de suportar processamento 64 bits?



O fato é que o sistema operacional da Google já é capaz disso há bastante tempo. Segundo o ArsTechnica, isso acontece porque o Android é baseado no Linux. Este, por sua vez, simplesmente suporta essa tecnologia por padrão, sem a necessidade de qualquer modificação ou desenvolvimento especial.

Mesmo assim, vale dizer que o iPhone 5S ainda será o primeiro aparelho 64 bits do mercado. Apesar de suportar a tecnologia há um bom tempo, não há nenhum smartphone ou tablet Android com hardware capaz de rodar essa tecnologia; isso, porém, não deve continuar assim por muito tempo, agora que a Apple “subiu a barra” para os outros aparelhos (de fato, a Samsung já prometeu isso para o futuro).

Fonte: ArsTechnica, SlashGear

BlackBerry apresenta novo smartphone BlackBerry Z30

Bateria de 2880 mAh é a maior já vista nos smartphones BlackBerry Foto: Divulgação
A BlackBerry apresenta hoje o novo smartphone BlackBerry Z30, aparelho que conta com o sistema operacional BlackBerry 10 versão 10.2, tela de 5’’ que utiliza a tecnologia Super AMOLED. O smartphone possui um processador de 1.7 GHz com gráficos quad-core, está equipado com altofalantes com som estéreo. A bateria de 2880 mAh, a maior já vista nos smartphones BlackBerry, possibilita ter até 25h de uso.

“O novo smartphone BlackBerry Z30 oferece importantes recursos como o BlackBerry Hub, que centraliza todas as conversas e notificações, teclado virtual excepcional e navegador líder de mercado”, disse Carlo Chiarello, vice-presidente executivo da divisão de Produtos na BlackBerry.
O smartphone BlackBerry Z30 estará disponível nas principais operadoras e revendedoras de todo o mundo. A partir da próxima semana começará a ser vendido no Reino Unido e no Oriente Médio e todas as outras regiões receberão o aparelho em breve. Os preços serão anunciados pelos parceiros no momento do lançamento.

Microsoft renova visual do Bing e faz melhorias no buscador



Bing está de cara nova. 

A Microsoft revelou nesta terça-feira (17) o redesenho da marca e do layout para seu site de buscas, que também ganhou uma série de novas funcionalidades. Entre as novidades estão: pré-visualização, autocompletar com mais detalhes da busca, Pole Position que traz dados de clima e o Snapshot que mostra resumos do assunto pesquisado.


Em publicação no blog oficial do buscador, Scott Erickson, diretor do Bing, falou sobre as mudanças visuais. Agora, a nova logo, por exemplo, está utilizando a fonte Segoe e um tom de laranja claro – quase amarelo – alinhada com logos coloridades de produtos. Segundo ele, todas as modificações foram pensadas por vários meses e entrevistas foram feitas com desenvolvedores e consumidores para melhorar a plataforma de buscas online.
Mas, segundo a Microsoft, a nova identidade do Bing é mais do que uma nova logo e paleta de cores. Um novo sistema de arquitetura de marca pretende evoluir o Bing de maneira estratégica de acordo com os outros produtos da companhia: Xbox, Windows 8 e Office.

“Não queremos só disponibilizar dados com links azuis. O Bing não é mais só um buscador em um site. É uma marca que combina esta tecnologia com produtos que você usa todos os dias. É hora de sair da caixa”, disse o diretor, propondo maior rivalidade com o Google.com.
O Bing disponibilizou um site (em português) no endereço www.bing.com/newbing com detalhes sobre as novidades que estão chegando também para os usuários brasileiros. Entre os destaques divulgados na página estão uma busca mais inteligente e novos aplicativos no Windows 8, pesquisa por voz no Windows Phone e no Xbox 360, além de ferramentas para o Office. O novo Bing chega aos poucos, nos próximos dias, para todos os usuários Microsoft.
“Você vai começar a notar algumas mudanças no Bing.com nas próximas semanas. Vamos fazer isso da maneira rápida e fácil para você encontrar o que precisa em qualquer dispositivos”, promete a Microsoft.
Segundo a Microsoft Brasil, o país fará parte da primeira leva de nações que receberão o novo visual do Bing, que também deverá chegar ao mesmo tempo nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Canadá, Austrália, Japão, Índia, Itália, Espanha e China.
Fonte: TechCrunch

Pioneer lança primeiro Blu-Ray wireless, compatível com Windows e Mac OS

A Pionner lançou um novo player Blu-Ray portátil que é o primeiro do mundo a utilizar a tecnologia wireless. O Pioneer BDR-WFS05J é compatível com Windows XP, Windows 7 e 8, e com Mac OS. A unidade tem transmissão de dados de até 70 Mb por segundo e pode gravar vídeos de discos rígidos em mídia em branco.



Com conectividade totalmente sem fios, o BDR-WFS05J pode ser conectado a uma rede wireless permitindo enviar dados para computadores e TVs. Compatível com o protocolo 80211, o aparelho tem transmissão de dados muito rápida, chegando a alcançar 70 Mb por segundo, mas é necessários que os aparelhos conectados suportem o mesmo protocolo wireless. O aparelho aceita ainda discos no formato Blu-Ray tradicional e discos 3D Blu-Ray.




O novo gadget possui um dock que funciona como base, além de ser a fonte de energia do produto. A alimentação de energia é feita de duas maneiras: com uma fonte AC conectada a tomada ou via USB.
Além de ser um aparelho capaz de gravar novos discos a partir de fontes de conteúdo que estejam conectadas, o dispositivo contará, também, com um software para que o usuário possa realizar edições vídeos.
A unidade chegará ao mercado japonês no final de setembro e custará o equivalente a US$ 252 (cerca de R$ 572, sem os impostos). No entanto, não há informações oficiais sobre quando o dispositivo será lançando mundialmente.
Fonte: Tech Tudo






Sony lança novos HDs externos ultravelozes e resistentes a quedas

Sony lançou recentemente uma nova série de soluções portáteis de armazenamento concebidas para profissionais que necessitam de alta velocidade. Os novos modelos de HDs externos são resistentes a quedas e tem uma forte vedação contra a ação de poeira e água.

Essa nova série conta com um modelo HD SSD de 256GB (PSZ-SA25), bem como um par de discos rígidos HDD que terão capacidades de 500GB e 1TB (PSZ-HA50 e PSZ-HA1T). Independente do modelo, cada uma dessas unidades virá com uma única entrada USB 3.0 e um par de portas FireWire 800, que permitem a transferência de vídeos de até 400 Mbps no modelo SSD e 120 Mbps com o HDD.

Para se ter uma ideia da velocidade, a Sony promete realizar a transferência de cerca de 30 GB de vídeo para a unidade SSD em menos de um minuto e meio. Como item opcional, os consumidores podem incluir uma capa de silicone e uma caixa de proteção para evitar danos durante o transporte. Os novos HDs portáteis tem resistência para absorver quedas de até 2,30 metros para os modelos SSD e até 2 metros para os modelos HDD.

Fonte: Tech Tudo

Wi-Fi do vizinho é canal de acesso a web para 7,1 mi de brasileiros, diz estudo

Apesar de ser alvo de contestação na Justiça, o wi-fi do vizinho é a porta de entrada para a internet para 7,1 milhões de brasileiros, de acordo com um levantamento divulgado nesta segunda-feira (16) pelo instituto de pesquisas Data Popular.

Para apurar as informações, a consultoria ouviu 2 mil pessoas de cem cidades, espalhadas por todos os Estados e Distrito Federal, em junho de 2013.



A prática é mais amplamente difundida entre internautas da classe média. Considerando apenas as pessoas que se enquadram nessa faixa de renda, 10% afirmaram ter acesso à internet via Wi-Fi do vizinho, enquanto o percentual é de apenas 4% entre as classes alta e baixa.



Segundo o Data Popular, o compartilhamento ocorre sobretudo quando as velocidades dos pacotes de internet são mais elevadas, o que explicaria a baixa presença do recurso entre a classe baixa.
Outra razão, aponta a consultoria, é a maior proximidade entre os vizinhos de classe média, o que faz com que apenas um contrate o serviço e o compartilhe com os outros. Nesse sentido, tem força a visão nessa classe de que a banda larga é um investimento, que eleva o fluxo de informação e amplia as possiblidades de trabalho.
O assunto vem sendo contestado na Justiça. Na última sexta-feira (13), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região negou um recurso do Ministério Público Federal (MPF) que considerava crime o compartilhamento de sinal de internet.
O MPF argumentava que a prática é uma “atividade de telecomunicação” e repassar a terceiros é exploração clandestina da atividade. Isso infringiria a Lei Geral das Telecomunicações (lei nº9.472/1997), resultando em penas de dois a quatro anos aos infratores, que pode ser aumentada em até 50% caso haja dano a terceiros, além de multa de R$ 10 mil. O TRF, porém, refutou a tese, afirmando que se trata de “serviço de valor adicionado”.
Jovens

Já na segmentação por idade, os jovens são os que mais utilizam o Wi-Fi do vizinho. Entre os entrevistados entre 16 e 25 anos, 21% disseram fazer o compartilhamento. A quantidade de adeptos cai conforme aumenta a idade: 8% das pessoas entre 26 e 39 anos; 3%, entre os que têm de 40 a 59 anos e nenhuma ocorrência entre internautas maiores de 60 anos.


Fonte: G1





Brasil lidera lista dos mais afetados por vírus na América Latina

A Karpesky divulgou a lista das principais ameaças que atingiram computadores da América Latina no primeiro semestre de 2013. No Brasil, onde o total de registros de acidentes que envolviam malware chegaram a mais de 29 millhões no período, 35% foram ocasionados por ameaças transmitidas pela web. O percentual coloca o país em 35º lugar no ranking global de países atacados. Mas, na América Latina, o Brasil lidera a lista atual e preocupa.



Em primeiro lugar no top dez de ameaçar virtuais está a worm “Debris.a”, uma ameaça propagada por meio de dispositivos USB ou sites. Descoberta em abril, a praga virtual afeta um grande número de usuários em países como México, Equador, Peru, Colômbia e Bolívia.

A lista de maiores ameaças virtuais é integrada também pelos chamados “Adware.Win 32”, que são dispositivos que alteram os navegadores e instalam acessórios para exibição de publicidade. Com ele, a cada clique ou visita ao site, o cibercriminoso ganha dinheiro.
O diretor do grupo de Pesquisa e Análise para a América Latina da Karpesky, Dmitry Bestuzhev, classifica os programas como potencialmente perigosos porque os dispositivos não roubam dinheiro das vítimas diretamente, mas o fazem por meio do adware, que lhes garante lucro por outros meios durante a navegação.
O estudo identificou ainda que a ameaça “Kido.ih”, detectada pela primeira vez em 2009, continua a afetar computadores na América Latina. Bestuzhev explica que o worm se propaga por dispositivos USB e vulnerabilidades do Windows em redes Microsoft. “Há problemas graves nos hábitos de correção de vulnerabilidade, na instalação de atualizações e gestão responsável dos dispositivos USB pelos usuários”, analisa. O que favorece o fato de tal ameaça antiga ainda ser uma das principais a atingir equipamentos na América do Sul.
A pouca preocupação com proteção de drives removíveis, CDs, DVDs e outros métodos de armazenamento, foram responsáveis também por 36% dos incidentes de malware em PCs no Brasil. O estudo mostrou também a presença da família de código malicioso “Trojan.Runner”, que se espalha somente através de dispositivos USB (pendrives).
“É a prova de que existem sérios problemas no manuseio de dispositivos e configuração de sistemas operacionais, onde o sistema conhecido por Autorun não é desativado pelos usuários”, finalizou.
Usuários de computadores que encontrarem arquivos com nomes iguais ou semelhantes aos exibidos no gráfico da Kaspersky acima devem procurar uma solução antivírus com urgência.
Fonte: Tech Tudo