LG troca janela por TV Ultra HD e faz pegadinha com meteoros

A resolução das televisões está, atualmente, migrando para a geração 4K, a chamda “Ultra HD”, que possui uma resolução de imagem muito mais alta do que a da sua sala. Tão nítida que chega a parecer realidade.

A LG, que tem sido uma das pioneiras nessa área, quis tirar a prova: para testar quão realista era a imagem de seu televisor, trocou a janela de uma sala por uma TV Ultra HD, que exibia exatamente a vista que a janela teria.
Depois, encenou entrevistas de emprego no local. Os candidatos ao emprego, que não sabiam da troca, acreditavam que era sim uma janela normal. Até um meteoro cruzar o céu, em direção à cidade.
A nitidez da imagem é tanta que eles nem se tocaram que se tratava de uma brincadeira. E entraram em pânico. As reações são tão engraçadas que acabaram viralizando na web — só no YouTube, o vídeo já passa de 8 milhões de exibições. Confira:



Os 8 mais famosos vírus de computador da história



Os vírus digitais são praticamente da mesma idade que os computadores. Hoje em dia, milhões e milhões são espalhados na internet, cada vírus com sua característica especifica. Mas a grande maioria passa despercebida, outros tantos incomodam muito, já alguns deles são simplesmente engraçados. Então separamos alguns bem conhecidos aqui.




Jerusalem (1987)

Um dos Primeiros vírus para MS-DOS, o Jerusalem foi programado para apagar todos os arquivos de programas no disco-rígido do computador infectado em uma sexta-feira 13, motivo pelo qual ganhou o apelido “Friday 13th” ;em nome de “AL AH” (percebe a piadinha aí?). Imagina o estrago que causou na época em universidades, instituições e companhias importantes.


Morris (1988)

O primeiro worm de internet foi resultado de uma pequena falha de código, que acidentalmente espalhou milhões de cópias de si mesmo para mais de 6 mil computadores pelo mundo – incluindo até mesmo alguns aparelhos da NASA. O vírus paralisou diversas redes, resultando em quase 100 milhões de dólares em prejuízos.


Chernobyl (1998)

Um dos vírus mais famosos da história, o Chernobyl causava estragos enormes e permanentes no PC infectado. Isso porque além de apagar os dados da máquina por completo, o software reescrevia a BIOS da máquina para poder se manter dentro do computador – assim, o programa voltava a infernizar você mesmo após formatar o sistema.


I Love You/Lovebug/Loveletter Virus (2000)


Disfarçado de uma carta de amor eletrônica (o que conferiu a ele os diversos apelidos acima), o Lovebug mandava um email com o título “EUAMOVOCÊ”, pedindo que você abrisse o arquivo anexo LOVE-LETTER-FOR-YOU.TXT.vbs para ver uma declaração de amor. Abrindo-o, o programa deletava todas as imagens JPEG ou JPG em seu PC.



The Code Red Worm (2001)


Causando um prejuízo estimado em 2 bilhões de dólares, o vírus infectou dezenas de milhares de servidores rodando o Windows NT e Windows 2000. Quando ativado, o programa fazia com que as páginas daqueles servidores exibissem o aviso “Haqueado por chineses!” no lugar do conteúdo normal.



Conficker (2008)

O nome do vírus já diz tudo: uma junção dos termos “Configuration” (“Configuração”) e “Ficker” (um termo chulo para “Ferrar”, em alemão), o Conficker bagunçava todas as configurações de um computador infectado.

Stuxnet (2009-2010)

Stuxnet (e seu filho mal, Duqu) é muitas vezes referida como a primeira “cyber super-arma”. O vírus é governamental dos EUA e de Israel projetado para atacar instalações nucleares iranianas, mas sem surpresa, acidentalmente espalhou-se além de seus alvos.

Flamer aka sKyWIper (2012)

Este massivo e altamente sofisticado malware de computador, infecta computadores com sistema operacional Windows e teve como alvo países do Oriente Médio, principalmente Irã, Líbano, Síria e Sudão. Dizem ser mais uma arma virtual usada na “cyber-guerra”, que começou com o Stuxnet. O Flamer é tão grande, que foi criado de forma desfragmentada seis partes de 6 megabyte. Deixou de operar após a sua exposição pública, porque os operadores da maquinas tinham a capacidade de enviar um comando para encerrá-lo.

Fonte: Gizmodo

Conheça as 3 marcas mais valiosas do mundo

Já imaginou quais são as maiores marcas do mundo, ou pensou quanto vale cada uma delas? Hoje estaremos mostrando a vocês as três maiores marcas do mundo e seu valor atual.

De acordo com dados recentes a Google ainda não vale mais que a Apple, mais se falando em produtos e serviços a Google acaba sendo superior a Apple.

A primeira marca nada mais é do que a Apple, após começar a fabricar dispositivos portáveis como o iPhone, a empresa acabou tendo quase aceitação instantânea, hoje a empresa vale cerca de US$ 87 bilhões.




Em segundo lugar vem a famosa Samsung, depois da criação de aparelhos com Android a samsung acabou sendo referencia no mercado de dispositivos móveis. A samsung vale cerca de US$ 58 bilhões.

Em terceiro lugar vem a gigantesca Google. Criadora do Android e também o maior buscador de mundo a Google vem sendo referência mundial apesar de estar atrás da Samsung. A companhia está avaliada em cerca de US$ 52 bilhões.

Fonte: Itectudo


Quando chegarão e quais serão os preços dos iPhones 5S e 5C no Brasil?

Os brasileiros terão que esperar mais um pouco pelos novos iPhone 5S e iPhone 5C. Isso porque os smartphones chegam a nove países em 20 de setembro, mas o Brasil ficou de fora da lista. Os aparelhos devem chegar apenas em dezembro de 2013 – e já é possível estimar o preço deles.





Estados Unidos, Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Japão, Singapura e Reino Unido foram os países escolhidos pela companhia para o lançamento mundial dos novos aparelhos. O modelo mais barato do iPhone 5C, de 16 GB, sairá por US$ 549, enquanto o mais econômico do 5S, também com 16 GB, custará US$ 649, ambos em suas versões desbloqueadas.

Além disso, a Apple garantiu que mais 100 países e 270 operadoras receberão os dois celulares no mês de dezembro. Espera-se que o Brasil esteja nesta lista, e um indício de que isso pode acontecer é a provável inauguração de uma loja oficial brasileira da empresa. A expectativa é de que a primeira Apple Store do Brasil seja aberta justamente em dezembro, no Rio de Janeiro.

E os preços?

Ainda não há confirmação do preço dos aparelhos desbloqueados no Brasil. Apesar disso, já é possível estimar valores para os novos iPhones. De acordo com Tim Cook, o iPhone 5C chega para ocupar a faixa de preço que cabia aos iPhones antigos, cujos preços eram reduzidos assim que um novo iGadget tornava-se oficial. Por isso, hoje podemos estimar que o iPhone 5C, embora tido como o smartphone de baixo custo da Apple, deva chegar por aqui pelo preço do iPhone 4S: a partir de R$ 1.699, valor correspondente à versão de 16 GB. Já para o iPhone 5S podemos esperar um valor próximo ao do iPhone 5 hoje, a partir de R$ 2.299.

Fonte: Tech Tudo

Apple apresenta novos modelos do iPhone

Phil Schiller, um dos vice-presidentes da Apple, fala sobre o novo iPhone 5C, smartphone que tem como principal característica o preço mais acessível, Disponível em várias cores, ele rodará o novo iOS 7;





Outro aparelho apresentado foi o iPhone 5S, que dá continuidade à evolução do principal aparelho da Apple. Com o iOS7 e disponível em três cores, ele promete recuperar o mercado perdido com o iPhone 5;


Os novos modelos começam a ser entregues nos Estados Unidos, na China e em mais sete países em 20 de setembro. Até o fim do ano, eles chegam a cem países e 270 operadoras. Mas não temos certeza se o Brasil está nessa lista;



Chamado de Touch ID, o novo botão Home usa a impressão digital do usuário para destravar a tela do smartphones. O sensor 500 pixels por polegada e lê em 360 graus, além de aprender como o usuário usa o recurso para destravar o aparelho. O Touch ID será usado, também, para autenticar a conta do usuário nas lojas virtuais do iTunes e da App Store, oferecendo mais segurança para a compra de aplicativos ou de músicas, por exemplo; 



A Apple afirma que os dados de impressões digitais ficarão armazenados apenas no iPhone do usuário e não será enviado para servidores da Apple;



A Apple também criou uma linha de capinhas coloridas para o smartphone. Algumas delas são “furadinhas”, permitindo ver a cor do smartphone abaixo. Vão custar 29 dólares cada uma. O iPhone 5C é feito de policarbonado resistente, com reforços de aço que também funcionam como antenas, diz Schiller. As especificações parecem ser iguais às do iPhone 5, incluindo processador Apple A6 e câmera iSight de 8 megapixels;


Uma das novidades do iPhone 5S é o sensor biométrico que substituiu o botão Home e promete aumentar a segurança do aparelho, dificultando que ele seja acessado por outras pessoas que não seu dono;



O iPhone 5S também terá o novo chip A7, o primeiro processador de 64-bits utilizado em um smartphone, segundo informações da própria Apple;



A Apple também apresenta evoluções na câmera do aparelho. O iPhone 5S terá cinco lentes e, antes de tirar a foto, irá calcular o balanço de iluminação no local, além de filmar em HD com resolução de 720p e 120 quadros por segundo;

 


Craig Federighi, vice-presidente da Apple no setor de Engenharia de Softwares, fala sobre o novo iOS 7, que promete fazer do iPhone 5S um smartphone 40 vezes mais rápido que o primeiro modelo, lançado em 2007;


Durante a apresentação a Apple também mostrou a nova interface do iTunes Radio;




A Apple anunciou que o iOS 7 estará disponível para usuários que tenham a partir do iPhone 4, iPad 2 e quinta geração do iPod Touch. O download do novo sistema estará liberado em 18 de setembro; 



Por conta da funcionalidade e da simplicidade do novo iOS 7, a Apple acredita que o sistema será o maior popular do mundo em breve.




HDs de 5 TB serão realidade em 2014 graças a "empilhamento de dados"

Vídeo explicativo da Seagate sobre SMR.

Acha que um HD de 1 TB já é um exagero para guardar dados? A Seagate está prestes a aumentar ainda mais essa capacidade e lançar, até 2014, discos rígidos com capacidade de 1,25 TB até 5 TB – e a tendência é que esse número cresça ainda mais nos próximos anos.



O melhor de tudo? Essa evolução não acontece por mudanças radicais na fabricação dessas unidades ou no aumento do tamanho desses componentes, mas no processo de gravação – ou seja, é possível armazenar mais dados de forma mais eficiente no disco.
O processo é chamado de Shingled Magnetic Recorder (SMR). Em vez do método convencional, em que dados são gravados em faixas minúsculas e espaçadas entre si no disco rígido, aqui tudo é armazenado em pilhas, como se fossem fileiras de telhas na cobertura de uma casa.
Isso faz com que mais dados sejam acomodados no mesmo espaço, sem comprometer a eficácia da leitura posterior dos dados e sem precisar aumentar o tamanho do HD em si. A ideia é que os 20 TB sejam facilmente atingidos com a atual tecnologia, embora muitos testes ainda sejam necessários para que o disco tenha tanta capacidade sem comprometer o processo magnético de leitura e escrita.


Fonte:
 Seagate