Aplicativos de trânsito e GPS para Android

Esta lista reúne uma seleção de aplicativos úteis para o usuário se localizar melhor. Aqui você encontra aplicações de GPS dos mais variados modelos. Tem o conhecido Google Maps Navigation, tem apps com localizador que recebe orientação por voz, com integração com o Foursquare, outros que permitem a interação com diversos usuários, e há até os que notificam você da existência de radar (os famosos “pardais”). Escolha o aplicativo que mais atende sua necessidade!


-GPS Essentials: em sua descrição no Google Play, é apresentado como “a ferramenta de GPS mais completa do mercado”. Ele é um aplicativo Android que permite que um usuário não só navegue e busque rotas como também gerencie pontos personalizados, trace rotas, encontre estradas e até crie o seu próprio painel com um widget para a home do sistema operacional; 
Wisepilot Navegador GPS
1.123 DOWNLOADS
-Wisepilot Navegador GPS: é um aplicativo de navegação bastante eficiente e que conta com vários recursos úteis. Ele oferece suporte com buscas, mapas e navegação para diversas localidades do mundo, permitindo ainda procurar os tipos de estabelecimentos e serviços que estão mais próximos de você;


-Waze: é um app para Android, Blackberry e iOS que pode-se definir como uma comunidade de mapeamento de trânsito em tempo real. São 40 milhões de pessoas compartilhando informações no mundo todo, para que a aplicação faça a melhor sugestão de caminho para o seu destino. Você ainda, pode encontrar o posto de combustíveis com o melhor preço no trajeto;
-Sygic GPS Navigation: você, usuário Android, acostumado a usar o GPS e navegar com o Google Maps, precisa conhecê-lo, ele é um aplicativo de navegação orientado por GPS, que possui opções avançadas e completas de navegação;


-Google Maps: é o mapa online do Google. Uma ferramenta excelente para encontrar qualquer lugar no mundo, obter instruções de como ir de um lugar para outro e caminhar ao redor das cidades mais importantes como se você estivesse lá;

Fonte: Tech Tudo

iPhone 6 pode vir com nova tela de 4.8 polegadas

iPhone 5S sequer foi apresentado, mas já existem informações sobre o seu sucessor. O jornal americano Wall Street Journal divulgou que a Apple estaria testando tamanhos diferentes de telas, para integrar seu próximo smartphone. Segundo a publicação, um display de 4.8 polegadas pode ser o escolhido para o iPhone 6.




Enquanto a concorrência fabrica telas “gigantes”, que vêm fazendo sucesso com os consumidores de smartphones, a Apple parece começar correr atrás do prejuízo. O iPhone 5S e o iPhone 5C, que serão apresentados em evento no próximo dia 10, não devem ter nenhuma alteração no tamanho do display, mas a mudança deve estar presente no próximo gadget.

Segundo o WSJ, a empresa ainda não definiu qual estratégia será utilizada, mas lançar o aparelho com diversos modelos é uma das possibilidades. Afinal, os testes estariam sendo feitos com telas de vários tamanhos, começando em 4,8 polegadas até 6 polegadas, maior do que as 5,7 do recém-lançado Samsung Galaxy Note 3.

Obviamente, a produção do iPhone 6 está em fase bem inicial. Nenhum representante da Apple falou sobre ele, e a expectativa é de que o aparelho seja apresentado somente em meados de 2014. Como de costume, espera-se que a novidade seja bem diferente do 5 e do 5S, assim como aconteceu com o 4, em relação ao 3 e ao 3GS, e com o 5, se comparado ao 4 e ao 4S.

Fonte: Tech Tudo

One For All traz ao Brasil sua linha de fones de ouvido

A One For All está lançando no Brasil a sua mais nova linha de fones de ouvido. No total são cinco modelos disponíveis, todos eles com características e recursos simples, voltados para quem não está disposto a investir tanto assim em um acessório.
Entre os acessórios disponíveis estão os fones com plugs intrauriculares, disponíveis em diversas cores e com preço a partir de R$ 18,90; os head fones, com cabo anti nó de fibra reforçada, com preço de R$ 59,90; o Estilo DJ, com graves mais potentes, disponível por R$ 79,90; o headset, nas cores preta e vermelha, disponível por R$ 49,90; e, por fim, o modelo esportivo intra-auricular, que pode ser encontrado por R$ 39,90.


Fonte:
 One For All

Trojans para Chrome e Linux foram as principais ameaças de agosto


Fonte da imagem: Gizmodo


Durante o mês de agosto, o Laboratório de Investigação da ESET América Latina detectou diversos códigos maliciosos que se caracterizaram por sua complexidade técnica, plataforma de destino e método de comunicação com o atacante.
Foram detectados trojans bancários capazes de afetar diretamente usuários do navegador Google Chrome. Apenas instalando uma extensão maliciosa no navegador, os desenvolvedores dessa ameaça aumentam a possibilidade de roubar credenciais e dados bancários de usuários finais com sucesso.
Além disso, aproveitaram um erro de projeto do servidor do governo brasileiro para propagar esse código malicioso. Utilizaram um endereço de email de domínio legítimo (gov.br) e assim foram capazes de se manter anônimos.
“A finalidade do plugin malicioso é interceptar todas as páginas web que a vítima em questão está navegando em busca de sites de bancos pertencentes a entidades financeiras brasileiras. Dessa maneira, em caso da vítima acessar seu Internet Banking, ocorrerá o roubo de suas informações bancárias como usuário e senha por meio do código malicioso”, explica Fernando Catoira, analista de segurança da ESET América Latina.

Ameaças também no Linux


Além dessas ameaças, os cybercriminosos desenvolveram um trojan bancário capaz de afetar o sistema Linux que possui características similares a códigos maliciosos para Windows. “Esse trojan foi denominado por seus autores como ’Hand of Thief’ e foi produzido especificamente para usuários finais de Linux, pelo motivo que muitos desses imaginam que não se faz necessária a utilização de medidas de proteção. A ameaça está sendo vendida em mercados ilegais por até US$ 2 mil”, afirma André Goujon, especialista de Awareness & Research de ESET América Latina.


Fonte:
 ESET

Meizu MX3: chinês tem octa-core, tela melhor que S4 e câmera da Sony

Meizu MX3 



A Meizu, uma das principais fabricantes de celulares da China, aproveitou o período de grandes lançamentos para revelar seu novo smartphone top de linha: o MX3. Com processador octa-core, câmera Sony e display melhor do que o do Samsung Galaxy S4, o gadget tem um visual arrojado, com bordas arredondadas e tela ocupando boa parte da largura do painel frontal.


O Meizu MX3 tem apenas 9.1 mm de espessura e 143 gramas, e sua versão do Android é bem diferente do que nós, consumidores do ocidente, temos à disposição: uma custom ROM chamada Flyme 3.0.
Em termos de hardware, o MX3 não deixa nada a desejar aos tops de linha de Samsung e Apple, à começar pela enorme tela de 5.1 polegadas com resolução de 1.800 x 1.080 pixels e aspecto 15:9. O processador é o Exynos 5 Octa, idêntico ao do S4, que combina um Cortex A-15 de 1.6 GHz e um Cortex A7 de 1.2 GHz, ambos quad-cores.

A câmera de oito megapixels de terceira geração é da Sony, com uma lente f/2.0 rápida, estabilizador de imagem sem delay e captura de imagens em até 20 fps. A câmera frontal é mais modesta, mas equivalente a seus rivais top de linha: somente 2 MP. Ele possui, ainda, versões de 32 GB, 64 GB e 128 GB.
Em termos de conectividade, o MX3 possui NFC, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e GPS, além de ter Internet 3G compatível com a maior parte do mundo. Para aguentar tudo isso, ele possui uma poderosa bateria de 2.400 mAh, que consegue aguentar até nove horas de navegação na Internet móvel.
Ainda não há informações sobre o lançamento internacional do MX3. Na China, ele está em pré-venda e chega às lojas em meados de setembro. Os preços começam em cerca de US$ 410 (aproximadamente R$ 950) para o modelo de 16 GB de capacidade de armazenamento.
Fonte: Engadget.